Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Maxbizz is a values-driven consulting agency dedicated.

Gallery

Contact

+1-800-456-478-23

411 University St, Seattle

maxbizz@mail.com

Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão

Semanalmente o Cotton Brazil publica no site da Abrapa o Boletim de Inteligência de Mercado, com as principais notícias do mundo do algodão.

Diante das transformações nos processos de produção e consumo, a Abrapa, com apoio da Apex Brasil criou o Cotton Brazil, para representar este novo passo do algodão brasileiro no mercado global.

O Boletim Semanal de Inteligência de Mercado é mais um serviço do Cotton Brazil para projetar o algodão brasileiro mantendo o cotonicultor informado sobre o comportamento da pluma no mercado interno e externo.

Veja abaixo o boletim da semana:

– Destaque da Semana – A persistência da seca, que afeta 70% da área plantada nos EUA, fez o mercado ignorar notícias macroeconômicas negativas da semana para uma boa recuperação dos preços. Hoje começa a Missão Compradores Cotton Brazil, com executivos da indústria têxtil de diversos países visitando nossas regiões produtoras.

– Algodão em NY – O contrato Dez/22 fechou ontem a 96,21 U$c/lp (+5,03%). Referência para a safra 2022/23, o contrato Dez/23 era cotado a 81,71 U$c/lp (+5,99%) e o Dez/24 a 78,55 U$c/lp (+6,77%) para a safra 2023/24.

– Preços – Ontem (28/07), o algodão brasileiro estava cotado a 136,00 U$c/lp (+150 pts) para embarque em Ago-Set/22 (Middling 1-1/8″ (31-3-36) posto Ásia, fonte Cotlook). Para o embarque Out-Nov/22: 117,00 U$c/lp (+200 pts).

– Altistas 1 – A safra de algodão nos EUA, principalmente no Texas, continua se deteriorando rapidamente devido a condições climáticas adversas.

– Altistas 2 – Projeção climática para 6 a 10 dias no Oeste do Texas é de temperaturas muito acima do normal e chuvas normais ou abaixo de normais. Se confirmadas, essas condições podem prejudicar ainda mais a safra do Texas.

– Altistas 3 – Segundo dados do governo americano, 100% da área plantada de algodão no Texas (que em alguns anos representa mais da metade da produção americana) está sob algum grau de seca. Até áreas de algodão irrigado foram afetadas seriamente.

– Altistas 4 – Como esperado, o FED aumentou sua taxa de juros 0,75%, passando de 2,25% para 2,50%. Apesar de ser o maior patamar desde 2019, o número ficou dentro do esperado e animou os mercados.

– Altistas 5 – Alta nas demais commodities agrícolas foi alimentada também pelo bombardeio russo contra o terminal portuário de Odessa, na Ucrânia, apenas algumas horas depois do anúncio do acordo de exportação de cereais.

– Baixistas 1 – Semana com exportações norte-americanas em baixa segundo o USDA. As vendas semanais foram negativas (mais cancelamentos que vendas) pela primeira vez no ano comercial.

– Baixistas 2 – O PIB norte-americano caiu 0,9% após ter retroagido 1,6% no primeiro trimestre – tecnicamente o país está em recessão.

– Baixistas 3 – O FMI baixou as projeções mundiais de crescimento econômico para 3,2% neste ano, 0,4% abaixo da última previsão. Inflação persistente e guerra na Ucrânia foram os dois fatores para a redução.

– Baixistas 4 – A Rússia reduziu para 20% o fluxo do gasoduto Nord Stream 1, cumprindo a ameaça de restringir o envio de gás para a Europa. A suspensão pode levar a racionamento, prejudicando a economia europeia.

– China 1 – Agências de notícias divulgam que a China adotou novos lockdowns e milhões de chineses estão em quarentena por conta da Covid-19.

– China 2 – Pesquisa com 65 companhias têxteis chinesas mostra redução de 72,1% nos pedidos domésticos desde maio, e mais de 80% de retração nos pedidos de exportação. Apenas 14% das companhias reportaram aumento geral de pedidos.

– China 3 – A boa notícia vindo do extremo oriente é que a média de passageiros diários no Aeroporto de Beijing excedeu 57 mil pessoas em julho, um aumento de 38 mil comparado com junho. O número de voos domésticos cresceu e algumas rotas internacionais foram retomadas.

– Índia – Produção em baixa e demanda doméstica em alta devem fazer com que a Índia continue precisando importar volumes significativos de algodão em 2023.

– Missão Compradores 1 – A Missão Compradores Cotton Brazil inicia hoje (29) com a chegada de uma delegação que reúne 21 executivos e proprietários de fiações de Bangladesh, Coreia do Sul, México, Paquistão, Turquia e Vietnã e representantes de 14 tradings.

– Missão Compradores 2 – O objetivo é que os industriais conheçam in loco o sistema produtivo do algodão brasileiro, acompanhando da colheita até o beneficiamento e classificação do algodão.

– Missão Compradores 3 – A comitiva passará 3 dias em MT, 2 dias na BA e 1 dia em Goiás e Brasília (DF). A missão volta a ser realizada depois de 3 anos em suspenso devido à pandemia.

– Exportações – O Brasil exportou 16,6 mil tons de algodão até 25 de julho/22. A média diária de embarque é 62,4% inferior quando comparado com julho/21.

– Colheita 2021/22 – Até ontem (28/07):  BA (63%); GO (65%); MS: (55%); MT (45%); MG (37%); SP (97%); PI (67%); MA (22%); PR (95%). Total Brasil: 48,54% colhido.

– Beneficiamento 2021/22 – Até ontem (28/07):  BA (34%); GO (21%); MA (8%) MS (25%); MT (8%); MG (20%); SP (96%); PI (22%); PR (90%). Total Brasil: 15% beneficiado.

– Preços – Consulte tabela abaixo ⬇

Boletim Algodao pelo Mundo 29.jpeg

Este boletim é produzido pelo Cotton Brazil, programa da Abrapa. Contato: cottonbrazil@cottonbrazil.com

Fonte: Abrapa

Author

ampasul

Faça um comentário

%d blogueiros gostam disto: