Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Maxbizz is a values-driven consulting agency dedicated.

Gallery

Contact

+1-800-456-478-23

411 University St, Seattle

maxbizz@mail.com

Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão

Semanalmente o Cotton Brazil publica no site da Abrapa o Boletim de Inteligência de Mercado, com as principais notícias do mundo do algodão.

Diante das transformações nos processos de produção e consumo, a Abrapa, com apoio da Apex Brasil criou o Cotton Brazil, para representar este novo passo do algodão brasileiro no mercado global.

O Boletim Semanal de Inteligência de Mercado é mais um serviço do Cotton Brazil para projetar o algodão brasileiro mantendo o cotonicultor informado sobre o comportamento da pluma no mercado interno e externo.

Veja abaixo o boletim da semana:

– Destaque da Semana – Embalado pela recuperação dos preços, esta semana foi realizado o 13o Congresso Brasileiro do Algodão em Salvador, Bahia, reunindo participantes e palestrantes de todas as regiões do Brasil e do mundo.  Esta edição foi a maior de todas em número de participantes e patrocinadores.

– Algodão em NY – O contrato Dez/22 fechou ontem a 112,70 U$c/lp (+7,75%). Referência para a safra 2022/23, o contrato Dez/23 era cotado a 87,51 U$c/lp (+1,05%) e o Dez/24 a 82,42 (-1,35%) para a safra 2023/24.

– Preços – (18/08), o algodão brasileiro estava cotado a 135,75 U$c/lp (+1275 pts) para embarque em Nov-Dez/22 (Middling 1-1/8″ (31-3-36) posto Ásia, fonte Cotlook).

– Altistas 1 – Semana passada o USDA fez a maior revisão de safra norte-americana de um mês para outro na história.  A previsão de safra foi reduzida na última semana em 640 mil tons em relação à estimativa de julho e menos 1,08 milhão tons comparado ao ano passado.

– Altistas 2 – Com isso, previsão é de queda de mais de 577 mil toneladas nas exportações dos EUA comparado com o ano anterior.

– Altistas 3 – As vendas de algodão americano para 22/23 já atingiram 65% da previsão do USDA contra a média de cinco anos de 48% vendida.

– Baixistas 1 – O governo chinês continua com a política Covid-zero. No último sábado, fechou uma loja em Xangai com uma pessoa suspeita da doença e colocou todos os clientes em quarentena.

– Baixistas 2 – O Banco Central Americano (FED) mantém o cenário de taxas de juros mais altas, aumentando a cotação do dólar e pressionando as commodities.

– Baixistas 3 – Com os consumidores europeus enfrentando contas de energia altíssimas e americanos gastando mais com serviços que com mercadorias, as perspectivas para o consumo de vestuário e têxtil estão sendo revisadas.

– Oferta e Demanda 1- No relatório do USDA da semana passada a safra mundial 22/23 foi reduzida em 664 mil toneladas, para 25,48 milhões, principalmente nos EUA.  O consumo mundial foi reduzido modestamente (menos 183 mil toneladas para 25,30 milhões)

– Oferta e Demanda 2-Os estoques finais mundiais foram reduzidos em 325 mil toneladas para 18,02 milhões.  A relação estoque-uso global se mantém em 70%.

– Qualidade – Há crescente preocupação com a  qualidade do algodão produzido no mundo este ano.  Com os maiores produtores sofrendo problemas climáticos, a tendência é uma menor oferta de algodão de qualidade mais alta.

– Uso da água – Teve repercussão esta semana um estudo internacional que mostra que o Brasil é um dos países mais eficientes no uso de água por quilo de fibra de algodão. Média global é 1931 litros, sendo que o Brasil utiliza apenas 17 litros/kg de fibra.

– Congresso 1 – O 13o Congresso Brasileiro de Algodão (CBA) terminou na quinta (18), em Salvador (BA).

– Congresso 2 – Números 13º CBA:

-2.477 Participantes

– 119 palestrantes

– 175 trabalhos científicos

– 53 empresas patrocinadoras

– Exportações – De acordo com dados do Ministério da Economia, o Brasil exportou 18,2 mil tons de algodão nas duas primeiras semanas de agosto/22. A média diária de embarque é 21,0% inferior quando comparado com agosto/21.

– Colheita 2021/22 – Até ontem (18/08):  BA (88%); GO (89%); MS: (98%); MT (90%); MG (80%); SP (98%); PI (93%); MA (47%); PR (100%). Total Brasil: 88% colhido.

– Beneficiamento 2021/22 – Até ontem (18/08):  BA (50%); GO (49%); MA (14%) MS (42%); MT (27%); MG (45%); SP (98%); PI (34%); PR (98%). Total Brasil: 33% beneficiado.

– Preços – Consulte tabela abaixo ⬇

Boletim Algodao pelo Mundo 33.jpeg

Este boletim é produzido pelo Cotton Brazil, programa da Abrapa. Contato: cottonbrazil@cottonbrazil.com

Author

ampasul

Faça um comentário

%d blogueiros gostam disto: