Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Maxbizz is a values-driven consulting agency dedicated.

Gallery

Contact

+1-800-456-478-23

411 University St, Seattle

maxbizz@mail.com

Abrapa apresenta em evento internacional produção brasileira de algodão responsável

A cotonicultura brasileira estará presente na conferência anual da International Textile Manufacturers Federation (ITMF), evento anual do setor, em Davos, na Suíça, entre 18 e 20 de setembro. A entidade traz para o debate o tema “Mudanças Climáticas e uma Cadeia de Valor Têxtil Global Sustentável”, com o intuito de chamar a atenção para os desafios de curto e médio prazo a serem vencidos pelo segmento. Segundo maior exportador da pluma e quarto produtor mundial, o Brasil, por meio da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), partilhará sua experiência na produção de uma fibra responsável, com ênfase na sustentabilidade como estratégia e apresentará o case da produção de algodão no Brasil.

“A conferência será uma plataforma ideal para a troca de conhecimento sobre as melhores práticas e a partilha de modelos bem-sucedidos e é com esse intuito que mostraremos mais uma vez ao mercado global o que a cotonicultura nacional está fazendo em favor de uma produção responsável social e ambientalmente. Além disso, pretendemos divulgar os investimentos feitos pelo setor em rastreabilidade não só da cadeia produtiva, mas também da cadeia têxtil com as informações de origem ao alcance do consumidor final, por meio do programa SouABR, que já está em fase piloto no Brasil”, destaca o presidente da Abrapa, Júlio Busato.

A fala da Abrapa será no painel do dia 18 que tratará especificamente sobre a fibra e para abordar esse conhecimento, diferentes especialistas foram convidados, entre eles: o diretor de Relações Internacionais da Associação, Marcelo Duarte, que apresentará o case brasileiro na produção da pluma – “Sustentabilidade como estratégia: o caso da produção de algodão no Brasil”. Duarte discorrerá sobre a evolução da pluma no País, especialmente na última década e mostrará as práticas responsáveis no cultivo, por meio do programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR). Segundo o diretor, o ABR é um componente fundamental da trajetória de sucesso da produção brasileira de algodão. Em menos de duas décadas, 84% da safra brasileira é certificada pelo protocolo ABR, que consiste no cumprimento da legislação trabalhista, ambiental, além de boas práticas agrícolas e uso racional de insumos. Duarte dividirá o painel com Stephanie Silber, Bremen Cotton Exchange, da Alemanha (O mundo atual do algodão) e Marc Lewkowitz, Supima, EUA (Reconstruindo valor através da autenticidade).

A programação também prevê ainda discussões sobre o caminho para têxteis totalmente de base biológica em 2050: das melhores fibras à reciclagem – desafios industriais, com a participação de Michiel Scheffer, Wageningen University & Research, Holanda; Interoperabilidade de metodologias e circuitos de reciclagem têxtil, por Pascal Denizart, CETI, França, e Tecnologia inovadora de reciclagem de polímeros, com Torsten Wintergerste, Sulzer / Worn Again Technologies, Suíça, entre outros tópicos e analistas especializados em comércio e comportamento de consumidores. A conferência será também marcada pelos Prémios ITMF 2022, com os quais a federação pretende reconhecer pessoas e empresas que se destacaram em duas áreas específicas: ‘Inovação & Sustentabilidade’ e ‘Cooperação Internacional’.

Confira a programação no link: https://www.itmf.org/conferences/annual-conference-2022

Leia mais: Abrapa apresenta em evento internacional produção brasileira de algodão responsável | Universo Agro (uagro.com.br)

Abrapa apresentará na conferência anual do ITMF a produção brasileira de algodão responsável – Portal Campo e Negócios (campoenegocios.com.br)

Mídias: Universo Agro
Campo & Negócios

Author

ampasul

Faça um comentário

%d blogueiros gostam disto: