Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Maxbizz is a values-driven consulting agency dedicated.

Gallery

Contact

+1-800-456-478-23

411 University St, Seattle

maxbizz@mail.com

Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão

Semanalmente o Cotton Brazil publica no site da Abrapa o Boletim de Inteligência de Mercado, com as principais notícias do mundo do algodão.

Diante das transformações nos processos de produção e consumo, a Abrapa, com apoio da Apex Brasil criou o Cotton Brazil, para representar este novo passo do algodão brasileiro no mercado global.

O Boletim Semanal de Inteligência de Mercado é mais um serviço do Cotton Brazil para projetar o algodão brasileiro mantendo o cotonicultor informado sobre o comportamento da pluma no mercado interno e externo.

Veja abaixo o boletim da semana:

–  Destaque da Semana – Esta semana ocorreu o evento anual da International Cotton Association (ICA), em Las Vegas. Neste boletim, ao invés do formato tradicional, traremos um resumo dos principais destaques das discussões no evento. 

 ICA 1 – De 8 a 10 de novembro, cotonicultores brasileiros marcaram presença no evento anual da Internacional Cotton Association (ICA). Pela primeira vez no evento, o Brasil apresentou dados e informações sobre a produção sustentável no país no “Regional Forum: Brazil”.

 ICA 2 – Além do evento do ICA, a Abrapa realizou em dois dias rodadas de negócios com a presença de produtores e traders. Uma comitiva de 12 produtores de algodão de vários estados do Brasil participou do evento.

Segue abaixo um resumo das principais discussões no ICA 2022

 Resumo ICA 1 – Os fundamentos estão cada vez menos importantes na formação do preço do algodão – macroeconomia e especulação financeira são os determinantes hoje.

 Resumo ICA 2 – Enquanto o FED não sinalizar um alívio no aumento dos juros, o mercado seguirá pressionado.

 Resumo ICA 3 – Após período de grande demanda por têxteis, impulsionada pelos estímulos fiscais, o consumo caiu em todo o mundo com o salto na inflação e o consequente aumento nos juros.

 Resumo ICA 4 – O mercado físico está totalmente desaquecido e estocado até o varejo. Fiações estão tentando adiar o recebimento de algodão já comprado devido à ausência de demanda.

 Resumo ICA 5 – Fiações passando por dificuldades, mas capitalizadas devido a grandes lucros recentes.

 Resumo ICA 6 – Geopolítica ajudou o Brasil com o boicote da China ao algodão da Austrália.

 Resumo ICA 7 – Há um entendimento que o algodão não pode ficar muito tempo abaixo do custo de produção dos EUA (em torno de 80 a 90c/lp), principalmente com os demais grãos valorizados.

 Resumo ICA 8 – A fraqueza na demanda deve permanecer até o 1º semestre de 2023, dependendo de fatores como inflação, guerra e China.

 Resumo ICA 9 – Além da demanda, países sofrem com falta e/ou alto custo de energia e deficiência de reservas internacionais.

 Resumo ICA 10 – No médio e longo prazos, os fundamentos entram em cena e o cenário é positivo para o algodão. A demanda será retomada e deve retomar tendência de crescimento anual.

 Resumo ICA 11 – China e Índia, os dois maiores produtores globais, têm como prioridade a segurança alimentar, por isso algodão tende a perder área no médio e longo prazos.

 Resumo ICA 12 – Sustentabilidade e rastreabilidade ganharão importância cada vez maior.

 Resumo ICA 13 – O algodão do Brasil está sendo visto no mercado internacional em pés de igualdade com o americano e o australiano. Nossa deficiência é índice de fibras curtas (SFI).

 Resumo ICA 14 – Os EUA sofrem muito com logística interna e estoques apertados.

 Resumo ICA 15 – A Austrália plantando sob muita chuva, mas pelo menos já garantiu água nos reservatórios para mais três boas safras.

 Resumo ICA 16 – Algodão é a fibra preferida entre os consumidores em todo o mundo em termos de qualidade, conforto e sustentabilidade.

 Resumo ICA 17 – As fibras artificiais são nossos grandes concorrentes. A cada 1 ponto percentual de market share que o algodão ganhar no mercado global de fibras, 1,2 milhão de toneladas a mais serão demandadas.  

 Resumo ICA 18 – Especialistas apontam que há muitos indícios de que a China está em rota de abertura da economia, com flexibilização da política Covid-zero. O país pode voltar ao norma em 2023.

 Algodão em NY 1 – O contrato Dez/22 fechou ontem a 86,38 U$c/lp (+4,07%).

 Algodão em NY 2 – Referência para a safra 2022/23, o contrato Dez/23 era cotado a 78,4 U$c/lp (+1,48%) e o Dez/24 a 76,26 (+0,93%) para a safra 2023/24.

 Preços (10/11), o algodão brasileiro estava cotado a 104,5 U$c/lp (+750 pts) para embarque em Nov-Dez/22 (Middling 1-1/8″ (31-3-36) posto Ásia, fonte Cotlook). Para embarque em Out-Nov/23 a referência do preço fechou em 97,0 U$c/lp (+250 pts).

 Oferta e demanda 1 – O relatório de novembro do USDA mostrou reduções tanto na safra global quando no consumo. Entretanto, a visão é que o consumo estimado pelo órgão ainda está superestimado.

 Oferta e demanda 2 – A safra mundial 22/23 foi reduzida em 335 mil tons, para 25,35 milhões. O consumo industrial mundial foi reduzido em 142 mil tons, para 25,03 milhões.

 Exportações – Não foram divulgados pelo governo dados de exportações nesta semana.

 Safra 2022/23 – Segundo a Conab, a produção de algodão em pluma em 2022/23 deve ser de 2,98 milhões de toneladas, com área plantada de 1,624 milhão de hectares.

 Beneficiamento 2021/22 – Até 10/11 SP, PI e PR (100%) BA (93%); GO (98%); MA (61%) MS (95%); MT (94%); MG (97%); Total Brasil: 93% beneficiado.

– Semeadura 2022/23 – Na Bahia, o plantio está prestes a começar. O vazio sanitário acaba dia 10/11 na região sudeste e dia 20/11 na região oeste.

– Preços – Consulte tabela abaixo ⬇

Boletim Algodao pelo Mundo 45.jpeg

Este boletim é produzido pelo Cotton Brazil, programa da Abrapa. Contato: cottonbrazil@cottonbrazil.com

Fonte: Abrapa

Author

ampasul

Faça um comentário

%d blogueiros gostam disto: