Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Maxbizz is a values-driven consulting agency dedicated.

Gallery

Contact

+1-800-456-478-23

411 University St, Seattle

maxbizz@mail.com

Cotonicultores aumentam área motivados pela perspectiva de alta produtividade

Neste mês de dezembro foi dada a largada para a safra 2022/2023 de algodão nas principais regiões produtoras de algodão de Mato Grosso do Sul.

Adão Hoffmann, diretor da AMPASUL para o Programa Agro Educativa. Foto reprodução Jovemsulnews

Os custos de produção estão 30% maiores, o preço do algodão está em baixa e mesmo assim, segundo a AMPASUL, Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão, a previsão para esta safra que se inicia é de aumento da área em 12%, acompanhando os produtores dos demais estados produtores do fio natural.

Segundo o Diretor Executivo da AMPASUL, o que está motivando os produtores a aumentarem a área são as excelentes produtividades alcançadas na safra passada e a expectativa de clima favorável para mais um período.

Na safra 2021/2022 a média alcançada nas diferentes regiões produtoras de algodão de Mato Grosso do Sul atingiu 331,6 @/ha. Houve variedade que chegou a ultrapassar a marca de 400@/ha.

Mato Grosso do Sul firma-se como o quarto maio produtor de algodão do Brasil, mas em relação à produtividade e à qualidade do fio assume a liderança nacional. Neta safra 2022/2023 a área plantada com algodão em Mato Grosso do Sul será de 29.300 hectares, cultivados com aproximadamente trinta variedades de algodão herbáceo de sequeiro, sendo desses, 305 hectares irrigados.

Veja esta reportagem, produzida pela Jovemsulnews, no Programa Agro Educativa, no próximo domingo 11 de dezembro às 09h30 MS.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Author

ampasul

Faça um comentário

%d blogueiros gostam disto: