Over 10 years we help companies reach their financial and branding goals. Maxbizz is a values-driven consulting agency dedicated.

Gallery

Contact

+1-800-456-478-23

411 University St, Seattle

maxbizz@mail.com

Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão

Semanalmente o Cotton Brazil publica no site da Abrapa o Boletim de Inteligência de Mercado, com as principais notícias do mundo do algodão.

Diante das transformações nos processos de produção e consumo, a Abrapa, com apoio da Apex Brasil criou o Cotton Brazil, para representar este novo passo do algodão brasileiro no mercado global.

O Boletim Semanal de Inteligência de Mercado é mais um serviço do Cotton Brazil para projetar o algodão brasileiro mantendo o cotonicultor informado sobre o comportamento da pluma no mercado interno e externo.

–  Destaque da Semana – Esta semana o mercado terminou como começou, após digerir vários dados, incluindo relatório do USDA, redução no ritmo de aumento dos juros nos EUA e notícias de aumento de Covid na China. 

 Algodão em NY 1 – O contrato Mar/23 fechou ontem a 81,03 U$c/lp (+0,22%).

 Algodão em NY 2 – Referência para a safra 2022/23, o contrato Dez/23 era cotado a 79,64 U$c/lp (+2,06%) e o Dez/24 a 76,88 (+2,59%) para a safra 2023/24.

 Preços (15/12), o algodão brasileiro estava cotado a 98,50 U$c/lp (-175 pts) para embarque em Dez/22-Jan/23 (Middling 1-1/8″ (31-3-36) posto Ásia, fonte Cotlook). Para embarque em Out-Nov/23 a referência do preço fechou também em 98,50 U$c/lp (+50 pts).

 Baixistas 1  O USDA oficializou em seu último relatório a previsão de retração no consumo global de algodão no ciclo 2022/23. A projeção foi reduzida em 708 mil toneladas em comparação ao relatório no mês passado. A redução já era esperada e o consumo projetado para 22/23 agora é 24,3 milhões tons.

 Baixistas 2  Apesar do Banco Central dos EUA (Fed) ter reduzido o ritmo de alta de juros, elevando a taxa básica dos EUA esta semana em 0,5 ponto percentual (p.p.), contra altas de 0,75 p.p. nas últimas quatro reuniões, o Fed sinalizou que os aumentos devem continuar e prevê juros em 5,1% em 2023.

 Baixistas 3  A esperada recuperação na atividade econômica na China após flexibilização das políticas de combate à Covid no país está comprometida no curto prazo pois a doença se espalha rapidamente nas principais cidades do país.

 Baixistas 4  Na capital Pequim, por exemplo, onde a doença só chegou com força agora, o cenário no momento é de uma cidade fantasma, com lojas fechadas e restaurantes vazios.

 Altistas 1  O atual surto de Covid na China fez dois importantes bancos (UBS e ANZ) reduzirem suas previsões de crescimento da China de 3,1% para 2,7%.  Por outro lado, para 2023 os bancos esperam que a economia volte a crescer em torno de 5% ao ano.

 Altistas 2  Com altos custos de insumos e preços mais baixos do algodão em relação aos preços das commodities concorrentes (soja e milho), é provável que haja uma área menor de algodão em 2023/24 no principal exportador mundial – EUA.

 Paquistão – A atual safra de algodão do Paquistão, que foi afetada por fortes chuvas e inundações, continua surpreendendo negativamente. Nos primeiros quatro meses da safra, os números de entregas de algodão para beneficiamento caíram 40% em comparação com o mesmo período na temporada passada.

 China – O Ministério da Agricultura da China reduziu sua perspectiva para o consumo de algodão para 22/23 em 200 mil toneladas, para 7,5 milhões de toneladas. A desaceleração do crescimento econômico global é vista como o principal fator na redução de demanda por têxteis.

  ABR-Log 1 – Em 2023, a Abrapa lança oficialmente o ABR-Log, versão do protocolo ABR para terminais retro portuários brasileiros que estufam contêineres com algodão.

  ABR-Log 2 – A meta é garantir que os fardos cheguem ao destino sem avarias, danos físicos ou sujeira, ao mesmo tempo em que critérios mínimos de respeito social e ambiental são cumpridos. O ABR-Log integra o programa Cotton Brazil.

 Certificação 1 – Abrapa e Mapa pretendem levar a certificação oficial voluntária do algodão para todo o Brasil em 2023. A meta foi apresentada durante reunião da Câmara Setorial do Algodão ontem (15).

 Certificação 2 – A certificação já teve projeto piloto aplicado em duas fazendas neste ano. O objetivo é implantar o padrão oficial de classificação, identidade, qualidade e amostragem do algodão. A classificação do algodão passará a ser oficial, uma importante demanda dos países importadores.

 Safra 2022/23 – A Abrapa atualizou estimativas e prevê uma área plantada de algodão de 1,657 milhão de ha no próximo ciclo (aumento de 1,3%). A produção foi projetada em 2,94 milhões tons, 17,6% acima da safra 2021/22.

 Exportações – De acordo com dados do Ministério da Economia, o Brasil exportou 55,6 mil tons de algodão nas duas primeiras semanas de dezembro/22. A média diária de embarque foi 32,5% inferior quando comparado com dezembro/21.

 Beneficiamento 2021/22 – Até ontem (15/12):  BA (96%); GO (100%); MA (74%), MS (100%); MT (99%); MG (100%); SP (100%); PI (100%); PR (100%). Total Brasil: 98% beneficiado.

 Semeadura 2022/23 – Até ontem (15/12): SP (70%), GO (69%), MS (49%), MT (1%), BA (58%), MG (70%),PI (27%), PR (85). Total Brasil: 16% semeado.

– Preços – Consulte tabela abaixo ⬇

Boletim Algodao pelo Mundo 50.jpeg

Este boletim é produzido pelo Cotton Brazil, programa da Abrapa. Contato: cottonbrazil@cottonbrazil.com

Fonte: Abrapa

Author

ampasul

Faça um comentário

%d blogueiros gostam disto: